4 principais desafios na gestão laboratorial e como a tecnologia pode ajudar a superá-los

O principal objetivo de um laboratório de controle de qualidade é garantir que todas as normas, regulamentações e precauções sejam observadas para assegurar a aferição dos produtos e suas especificações, com precisão nos resultados, rastreabilidade dos procedimentos e confiabilidade transmitida à empresa, clientes e a todo o mercado.

Nesses laboratórios também é indispensável a gestão dos custos, uma vez que a regularidade dos processos das indústrias em diversas frentes, bem como o melhor aproveitamento dos recursos das empresas, reflete em um aumento da qualidade operacional.

Cientes disso, neste artigo vamos detalhar 4 desafios ligados que devem ser enfrentados estrategicamente com tecnologia pelos gestores. Confira!

1.Gestão e rastreabilidade de amostras

Um laboratório pode receber milhares de amostras por dia, e cada uma delas terá uma destinação diferente. Por essa razão, é necessário manter sua rastreabilidade para que seja possível acompanhar todas as etapas até a finalização do processo.

Esse rastreamento, por sua vez, deve ser automatizado, dado que buscar dados manualmente em planilhas ou arquivos físico acarretará perda de tempo. A centralização e a integração de dados, por outro lado, agregam valor às auditorias, reduzem taxas erros, aumentam a credibilidade, segurança e integridade das informações e processos monitorados.

2. Ganho de produtividade

Na gestão laboratorial é fundamental que a produtividade se mantenha alta e crescente. Para isso, a informatização pode ser uma grande aliada. Um sistema de gerenciamento de dados acelera o processo de análises e geração de insights a partir de uma grande quantidade de resultados.

Isso garante o acompanhamento de amostras, elimina a digitação manual de informações e diminui erros, ao mesmo tempo que promove a integração de instrumentos, pessoas e recursos. De modo geral, tudo isso permite uma gestão centralizada, com base em dados reais, para uma tomada de decisão mais rápida e assertiva.

3.  Gestão de estoque de reagentes

Os responsáveis pela gestão laboratorial não podem ignorar, em hipótese alguma, a necessidade de controlar o estoque de materiais e reagentes de maneira eficiente. Para isso é importante estar atento a algumas informações, tais como:

  • Conhecer o ciclo de vida dos insumos;
  • Organizar entrada e saída de insumos, de acordo com lote, validade e data de recebimento
  • Programar suas compras à partir da análise do estoque
  • Fazer a validação de fornecedores
  • Estar aderente às normas de fiscalização de insumos e reagentes controlados
  • Fazer a gestão de riscos e periculosidades dos reagentes de maneira estruturada e visual, com pictogramas e etiquetas geradas automaticamente

Essas ações garantem uma gestão mais eficiente, um estoque mais produtivo, permite a redução de custos, além de ser primordial para qualificar a segurança do laboratório.

4. Conformidade

É de grande Importância que laboratórios de qualidade busquem estar dentro das normas de conformidade. Uma das mais relevantes, nesse contexto, é a ABNT NBR ISO/IEC 17025, normalmente conhecida como NBR 17025, e que tem como objetivo garantir a qualidade e a confiabilidade dos laboratórios.

Laboratórios que ainda não possuem acreditação na NBR 17025 podem consegui-la através de um software da categoria LIMS (da sigla em inglês Laboratory Information Management System) – sistema que possibilita a gerir toda a informação, melhorar a organização e estruturação dos documentos e dos fluxos de trabalho, através de um ambiente digital, seguro e com menos processos manuais.

Já o laboratório que já possui a acreditação pode se beneficiar de um LIMS para manter seus processos bem estruturados, automatizados e acessar as informações com mais agilidade segurança.

Como a tecnologia pode ajudar a superar seus desafios de gestão laboratorial?

Mesmo laboratórios com processos considerados bem estruturados devem priorizar a eficiência e a produtividade. Por isso, é importante contar com parceiros capacitados com a finalidade de atuar consultivamente na implantação de automação laboratorial e desenho de projetos eficientes.

Com foco em entender as dores e encontrar soluções para problemas ou objetivos específicos de seus clientes, a Interfusão se destaca por contar com um time de serviços experiente, com vasto conhecimento em processos laboratoriais e em metodologias de implantação. Atuando em projetos de sucesso no Brasil, América Latina, Europa e EUA, e com parceiros líderes de mercado, a empresa promove as melhores tecnologias e softwares LIMS.

Essas soluções trazem uma série de benefícios aos laboratórios, entre eles, a eliminação do uso do papel, acompanhamento de amostras, organização de documentos e do fluxo de trabalho, assim como a inserção de resultados, automatização de cálculos e integração de instrumentos. A plataforma ainda pode ser acessada por dispositivos móveis, IoT e portais Web, o que permite realizar a gestão do laboratório em qualquer lugar.

De maneira geral, o que vimos neste artigo: a automação de processos, as melhorias na  administração de estoque e a integração de sistemas fazem parte dos benefícios proporcionados pelos projetos desenvolvidos pela Interfusão, que priorizam o aperfeiçoamento da gestão laboratorial.

Por isso, se você está em busca da solução perfeita para aumentar a produtividade e otimizar a gestão do seu laboratório entre em contato conosco agora mesmo!

 

 

Veja também

Interfusão TI

Criando soluções em LIMS e P&D

LEIA TAMBÉM

Empresa do Grupo