Gestão laboratorial: tendências para 2018

Quando o assunto é gestão laboratorial, podemos ter a certeza de que a questão é tão ampla quanto diversificada. Afinal de contas, diversos setores do mercado lidam com instrumentos de laboratório — sejam eles analógicos ou digitais — e podem desfrutar das grandes novidades que chegaram para ficar e revolucionar a rotina desses profissionais.

É justamente este o grande foco deste artigo. Ao longo dos próximos tópicos vamos destacar e explorar algumas das principais tendências para 2018 na gestão laboratorial. Assim, você e a sua equipe conseguem identificar quais delas têm grande potencial para ser implementada no dia a dia de sua empresa e, assim, aumentar a produtividade em menos tempo. Acompanhe!

1. Tecnologia de armazenamento na nuvem

O uso de cloud computing não é, exatamente, uma novidade. Acontece que o seu uso tem se intensificado para qualquer segmento, inclusive, no de gestão laboratorial. E isso tem agregado a tecnologia em diversas soluções que facilitam a realização de tarefas.

Por exemplo: sua equipe pode acessar, editar e compartilhar informações rapidamente sem dispor de uma estrutura física maior ou investimentos em equipamentos. Os dados ficam na nuvem, tornando a equipe mais produtiva de onde estiver, a qualquer hora, e com as informações seguras por meio de uma série de níveis e controles de acesso.

2. People analytics

Os softwares de gestão estão consolidados, no mercado, expondo as vantagens em ter um eficaz e ágil poder analítico auxiliado pela tecnologia. Só que o mesmo conceito tem sido aplicado internamente para avaliar o comportamento dos próprios colaboradores.

Com isso, é possível avaliar a produtividade, identificar gargalos produtivos, identificar os talentos da empresa e elaborar treinamentos específicos para melhorar os resultados.

Tudo, é claro, pode ser conduzido com o auxílio de ferramentas on-line analytics, programáveis para a compilação de dados específicos que podem contribuir com uma rotina mais eficaz, precisa e produtiva.

3. Employer branding

Além da avaliação de resultados, a gestão laboratorial também deve se ocupar da satisfação e motivação dos seus profissionais. E é aí que o employer branding pode ganhar espaço na sua empresa a partir de práticas diversas, como:

  • planos de carreira;
  • avaliações periódicas, com feedbacks construtivos;
  • mais autonomia e responsabilidades para que os colaboradores tomem ou participem de mais decisões;
  • flexibilidade nas jornada de trabalho — bom exemplo disso é a solução acima citada de tecnologia na nuvem, que pode fomentar o home office, quando necessário.

Isso tudo, quando bem aplicado e de acordo com as características de sua empresa, pode render mais produtividade e a possibilidade de atrair e reter os talentos, melhorando a percepção de marca no mercado.

4. Visão qualitativa de mercado

A aposta em novas tecnologias tem movimentado bastante o mercado de gestão laboratorial. E não apenas isso: a percepção de que o dinamismo do mercado — impulsionado pela tecnologia digital — globalizou para todos os segmentos de atuação e para empresas de todos os portes.

Como resultado, a tendência é que haja uma competição mais acirrada pela busca por mais tecnologias convenientes, acessíveis e que se traduzam em mais produtividade. A questão é: como manter o alto padrão de excelência exigido por órgãos reguladores e, ainda assim, distanciar-se da concorrência?

5. Mais atenção ao controle de qualidade

As novas tecnologias de gestão laboratorial também invadiram processos já conhecidos dos empreendedores, que é o controle de qualidade nos processos.

Pode parecer óbvio, mas o próprio assunto já demanda uma série de atenções porque ele se moderniza junto com outras transformações — muitas delas, impulsionadas pela tecnologia.

Entre as principais ações que podem ser trabalhadas nesse aspecto, destacamos as seguintes:

  • calibragem dos equipamentos, promovendo mais precisão e confiabilidade nos resultados;
  • certificações  programas de acreditação.

No segundo item, convém avaliar que são modelos de gestão abrangentes, capazes de agregar muito valor aos processos e ao fluxo de trabalho no seu laboratório. Val emuito a penja ficar de olho nas novidades sobre o assunto!

6. Automatização dos laboratórios

Nada melhor do que a associação às principais tendências tecnológicas para tornar a sua equipe mais produtiva. Afinal de contas, a automatização permite que muitas tarefas repetitivas, mecânicas ou mesmo burocráticas sejam automaticamente realizadas a partir de tarefas programáveis.

Com isso, seus profissionais se ocupam mais de situações analíticas e estratégicas, bem como se afastam dos riscos de erros humanos nos processos e no fluxo de trabalho, como um todo. Sem falar nos benefícios desse tipo de solução, como:

  • mais produtividade para o laboratório;
  • redução no tempo de entrega de resultados;
  • padronização dos processos e também dos procedimentos laboratoriais;
  • agilidade para buscar, editar e compartilhar dados;
  • redução nos custos operacionais do laboratório;
  • melhor utilização dos recursos e também dos recursos humanos da empresa;
  • integração do laboratório com as demais áreas, o que flui melhor a comunicação e agiliza a tomada de decisão.

Quer saber um pouquinho mais sobre uma das soluções mais utilizadas, atualmente, visando melhorias significativas na gestão laboratorial? Então, não deixe de conferir nosso artigo sobre o Sistema para automação e informática laboratorial (LIMS)!

7. Job rotation

O conceito também é conhecido como rotatividade no trabalho e tem sido bastante aplicado em empresas por meio de programas de trainee e estágios.

Assim, os colaboradores são desenvolvidos para atuarem em diferentes áreas da empresa, conhecendo um pouco de cada para compreendê-la em uma perspectiva macro e micro. Como resultado, eles passam a lidar melhor com o fluxo de trabalho e apresentam soluções mais completas para os mais diversos problemas.

E então, o que achou das tendências aqui citadas sobre a gestão laboratorial? Quer ficar por dentro de outras novidades e dicas sobre o seu setor de atuação? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter — basta preencher o seu nome e endereço de e-mail no canto superior direito da home de nosso blog!

Veja também

Interfusão TI

Criando soluções em LIMS e P&D

LEIA TAMBÉM

Empresa do Grupo